sexta-feira, 4 de novembro de 2011

Verão: A pura da loucura.

   Acordas mais uma vez, com coisas novas que podem acontecer, que podem começar, acabar, cair, com coisas novas que tu podes dar. Dá de ti, dá ao mundo, oferece sorrisos, distribui emoções, partilha momentos, desfruta dos beijos, agarra os teus sonhos. Liberta-te, deixa que os sonhos que estão dentro de ti, que escapem da tua mente, e transforma-os numa vida, mostra-os ao mundo. Tu tens o que podes dar, tens alma, paixão, tens fogo dentro de ti, e além disso tens força suficiente para agarrar nesses sonhos que julgas ser grandes e pesados, e agarrá-los, trazê-los cá para fora, e vivê-los. 
   É verão, relaxa, despede-te de complicações, ouve boa música, não te dês a demasiado trabalho, deixa o quarto por arrumar, sai à rua, dá gargalhas no meio da avenida, o que fazes não interessa. É bom? Então pronto, dá de ti, é verão, podes ter o que queres! A tua música preferida toca, deixa que o momento se apodere de ti, faz o que te vier à cabeça, vai ter com ele rapaz, dança, sorri, aproveita essa noite, aproveita que as nuvens não tapam o céu, e mostra que brilhas mais do que as estrelas. Acima de tudo, aproveita todas estas noites, tardes, e todas as manhãs que o verão te oferece, aproveita o sol, o brilho, o calor, as boas sensações, é disso que o verão é feito, e olha que dura só três meses.

Sem comentários:

Enviar um comentário